Milagres de Jesus 21 - Milagres à Beira do Mar


SINOPSE: O episódio Milagres à Beira do Mar conta a história de três mulheres: Jéssica (Jussara Freire), Gabriela (Jeniffer Setti) e Isabel (Marcelly Espirito Santos). Jéssica é uma senhora idosa e mãe de Jaime (Sergio Abreu). Ela descobre que o filho vai se casar com Alessandra, filha de um fariseu, e se opõe a união dos dois. Jaime proíbe a própria mãe de ir ao casamento, deixando-a inconsolável.

Administração da Produção (Operações Industriais e de Serviços)


A primeira parte deste livro apresenta os fundamentos das operações da produção. Os  assuntos  são  contemplados  em  três  capítulos,  o  primeiro  capítulo localiza o tema da administração das operações de produção dentro do  contexto da administração geral das organizações, o segundo e o terceiro capítulos têm por objetivo proporcionar uma visão científica do trabalho realizado por administradores  de  produção,  abordando  as  técnicas  fundamentais  necessárias ao gerenciamento das operações produtivas.

INDICE RESUMIDO:


FORMATO: PDF
PÁGINAS: 375
TAMANHO: 8 MB
IDIOMA: Português (BR)
SERVIDOR: HTTP

http://www.paulorodrigues.pro.br/arquivos/livro2folhas.pdf

Limpador Abrasivo II (Saponáceo Pó)


COMPONENTES:

1) 200 gramas de Lauril Sulfato de Sódio em pó
2) 8835 gramas de Dolomita (malha 100)
3) 200 gramas de Metassilicato de Sódio Anidro
4) qs de Corante Verde (Colanyl GGQ)
5) 200 gramas de Carbonato de Sódio
6) 50 gramas de Ácido Tricloroisocianúrico
7) 500 gramas de Calcita (malha 100)
8) 15 gramas de Essência

PREPARO:

XAMPÚ LIMPEZA PELOS DE CÃES E GATOS


COMPONENTES:

Lauril Éter Sulfosuccinato de Sódio 15% (15 kg)
Lauril Éter Sulfato de Sódio 10% (13 kg)
Cocoamidopropil Betaína 6% (6 kg)
Dietanolamida de Ácido Graxo de Coco (Amida 90) 4% (4 kg)
Extrato Glicólico de Aloe Vera 1,5% (1,5 kg)
Proteína da Seda (Silkion) 1% (1 kg)
Metilparabeno 0,2% (200 g)
Propilparabeno 0,05 (50 g)
Essência 0,3% (300 g)
Tween 20 (Monolaurato de Sorbitan Etoxilado 20 EO) 0,5% (500 g)
Corante Hidrossolúvel qs
Solução de NaCl (Cloreto de Sódio) qs
Solução de Ácido Cítrico qs
Água Deionizada qsp 100% (58,45 Litros)


PREPARO:

ANTI-SEBORRÉICOS VETERINÁRIOS I


FORMULAÇÃO 1

COMPONENTES:

Enxofre 1-3%
Ácido Salicílico 0,5-2%
Shampoo Base q.s.p. 120 mL

 
Indicação: Seborréia “seca”, dermatose marginal da orelha, Síndrome do comedão do cão Schnauzers e na adenite sebácea.

Ação: Anti-seborréico, queratolítico e queratoplástico.

Modo de Usar: Aplicar sob forma de banhos, segundo orientação do médico veterinário.

FORMULAÇÃO 2

COMPONENTES:

Sulfeto de Selênio 1-2,5%
Shampoo Base q.s.p. 120 mL

  
Indicação: Seborréia idiopática “oleosa”.

Ação: Queratoplástica e queratolítica.

Modo de Usar: Aplicar sob a forma de banhos,deixando agir por 5-10 minutos ou a critério médico veterinário.

Obs.: Contra-Indicado para felinos.

IMPORTANTE:
As formulações publicadas precisam ser testadas e aprovadas por pessoa habilitada, ficando responsável pela observância das disposições legais, assim como das referentes aos direitos de patentes. O formulador final ficará responsável em respeitar a legislação local e obter as autorizações que forem necessárias.

https://www.facebook.com/efrero.rochy

GUIA TÉCNICO AMBIENTAL DA INDÚSTRIA TÊXTIL


No decorrer dos últimos anos a CETESB vem desenvolvendo Guias Ambientais de Produção mais Limpa, com o intuito de incentivar e orientar a adoção de ações de P+L nos diversos setores produtivos, além de fornecer uma ferramenta de auxílio para a difusão e aplicação do conceito de P+L junto ao setor público e às universidades.

Os guias mais recentes, publicados a partir de 2005, tem uma importante participação do setor produtivo em sua elaboração, fruto de fundamental parceria firmada entre a CETESB e representantes da indústria, estabelecendo novas formas conjuntas de ação na gestão ambiental, com o objetivo de assegurar maior sustentabilidade nos padrões de produção.

Não há dúvidas de que a adoção da P+L pode trazer resultados ambientais satisfatórios, de forma contínua e perene, ao contrário da adoção de ações pontuais de controle corretivo. Na maioria dos casos estes resultados permitem aprimorar a produtividade, obter redução do consumo de matérias-primas e de recursos naturais, eliminar substâncias tóxicas, reduzir da carga de resíduos gerados e diminuir o passivo ambiental, colaborando à redução de riscos para a saúde ambiental e humana. Adicionalmente, a P+L em geral contribui significativamente para a obtenção de benefícios econômicos pelo empreendedor, melhorando sua competitividade e imagem empresarial.

INDICE RESUMIDO:


FORMATO: PDF
PÁGINAS: 99
TAMANHO: 11,5 MB
IDIOMA: Português (BR)
SERVIDOR: HTTP

http://www.inovacao.usp.br/APL/pdf/docs/guia_textil.pdf

Utilização do Fluoreto de Hidrogênio (Gravação em vidro) Obtenção do Iodo


O fluoreto de hidrogênio, HF, é obtido da reação do H2 e F2 que reage de forma espontânea, resultando no HF. 

H2(g)  +  F2(g)  -->  2HF(g)  ;  ∆Gº = -541 KJ

Pelo método mais comum para se preparar o HF em laboratório, é baseado na reação do ácido sulfúrico concentrado sobre um fluoreto metálico. O ácido fluorídrico ataca o vidro, reagindo com a sílica, SiO2. Para manipulação, acondiconalmente e transporte de soluções aquosas corrosivas do ácido fluorídrico, usam-se recipientes de polietileno, de metais como cobre, chumbo, platina, aço ou revestidos de parafina.

O HF tem propriedades que o torna extremamente perigosos: causa “queimaduras” químicas que são extremamente dolorosas e que geralmente leva vários meses para cicatrizar.

O iodo é um sólido cinza-escuro, com um brilho semimetálico. Apresenta uma alta pressão de vapor pode  ser facilmente percebido. Seu vapor é violeta-escuro, cor que é reforçado nas soluções em solventes apolares como CCl4 e CS2.

Em solventes polares com, água e etenol, a cor das  soluções é castanha. O iodo forma um complexo azul-escuro com o amido.

COMPONENTES:

qs de Solução de Ácido Fluorídrico 30%
qs de Parafina
0,35 g de Iodo
1,0 mL de Ácido Sulfúrico Concentrado
0,1 g de Cada Oxidante (MnO2 – KMnO4 – K2Cr2O7)
0,5 mL de Água
0,5 mL de Álcool Etílico
0,5 mL de Benzeno
0,5 mL de Tetracloreto de Carbono


MATERIAL:
 

Estilete
Vidro
Algodão
7 tubos de ensaio
Pipetas de 5mL
Espátula
Estante para tubos de ensaio
Papel de filtro


PROCEDIMENTOS:

Parte I: Gravação em vidro

1.)  Fundir a parafina e espalhar uma fina camada sobre uma superfície vítrea.
2.)  Aquecer lentamente o estilete para facilitar a remoção da parafina solidificada, executando o desenho desejado.
3.)  Em seguida goteja-se ácido fluorídrico a 30%.
4.)  Aguardar uma hora e meia ou duas horas e então remover o ácido com água e a parafina com água fervendo e um algodão embebido em benzeno.

Parte II: Obtenção do iodo

Postagens Relacionadas